Dietas ricas em proteínas pobres em carboidratos causam mau hálito?

postado em: Blog | 0

dia8Em busca de um corpo atlético, “sequinho” e definido, é comum cortar os carboidratos e ter uma alimentação rica em proteínas, de um lado para ganhar massa muscular e de outro para queimar as gorduras e definir a musculatura. O que poucos sabem é que esta espécie de dieta pode causar halitose.

Quando a pessoa elimina os carboidratos de sua dieta, ocorre a queda do teor de açúcar no sangue, fazendo com que o organismo busque energia alternativa na queima das gorduras. Este processo libera resíduos conhecidos como “corpos cetônicos” que, através da circulação sanguínea, chegam aos pulmões e são eliminados por nossas vias aéreas, liberando um odor desagradável com cheiro de manteiga rançosa ou fruta passada.

De outro lado os alimentos ricos em proteína contribuem para que ocorra na boca um pH alcalino, propício ao desenvolvimento das bactérias formadoras de maus odores. Para completar, as proteínas de origem animal (carnes, ovos, leite e derivados) favorecem a formação de muco. Com isso, a saliva fica mais grossa e ocorre maior acúmulo de biofilme lingual (saburra), um dos principais vilões do bom hálito.

Acesse uma reportagem do portal Terra sobre o tema em que contribuí, e inclusive onde aponto meios de combater esta halitose de origem nutricional e indico outros problemas causados por dietas da moda: http://saude.terra.com.br/saude-bucal/atualidades/dieta-sem-carboidrato-pode-causar-mau-halito,74f26cbb38b90d2ce911f4215fff0bddpxqw8cyh.html

#HálitoRN #DraCecíliaAguiar #Saúde #SaúdeBucal #BemEstar #DicaSaúde #Ginástica #Treino #Academia #MauHálito #Halitose