Melanoma oral

postado em: Blog | 0

dia25O Melanoma é uma neoplasia maligna de pele considerada muito agressiva, devido à grande possibilidade de metástase e à alta letalidade.

É mais comum em pessoas de meia idade do gênero masculino, de pele clara, que residem em países de alta incidência solar e com história familiar da doença. Embora não exista um fator etiológico definido, o uso do tabaco e de outros agentes carcinogênicos são sugeridos como possíveis fatores associados.

O melanoma é relativamente raro, correspondendo a 4% das lesões em pele. Em mucosas, como é o caso da boca, é ainda mais rara. Desses casos, cerca de 80% ocorrem no rebordo alveolar superior e palato. A lesão geralmente aparece como uma área pigmentada que evolui para lesão ulcerada e sangrante.

O tratamento geralmente é a ressecção cirúrgica radical da parte envolvida, aliada à quimioterapia e imunoterapia.

É importante realizar biópsia em lesões pigmentadas na cavidade oral para fazer o diagnóstico diferencial, uma vez que o melanoma, em estágios iniciais, pode parecer lesões benignas, como os nevos, e também porque quanto mais cedo o diagnóstico, melhor o prognóstico.

Nesse sentido, comparecer para exames odontológicos periódicos é de suma importância, bem como realizar o autoexame de boca e procurar opinião profissional caso seja constatada qualquer anormalidade. Além disso, após o diagnóstico, durante o tratamento médico, o acompanhamento por cirurgião-dentista qualificado em oncologia é de grande valor para o conforto e qualidade de vida.
#DraCecíliaAguiar #MuitoAlémDosDentes#DentistaRN #Câncer #Neoplasia #Melanoma#Biópsia #AutoExame